Toyota C+Pod, microcarro elétrico a partir de 13.000 €

Citadino de dois lugares e apenas 2,5 metros de comprimento (menos 20 centímetros do que um smart fortwo), o Toyota C+Pod é proposta de mobilidade urbana semelhante aos veículos sem carta. Em estreia no mercado japonês, pensado para os cidadãos mais jovens e também para os volantes seniores, destaca-se pela simplicidade de utilização, dispondo de um pequeno motor elétrico no eixo traseiro, a debitar 9,2 kW de potência e 56 Nm, que é suficiente para atingir os 60 km/h.

De acordo com a marca japonesa, as suas dimensões muito reduzidas permitem realizar girar 180º em apenas 3,9 metros, característica que sublinha a sua vocação vincadamente urbana. A bateria com uma capacidade máxima de 9,06 kWh permite circular até 150 km com uma única carga, valor apurado de acordo com o ciclo urbano de homologação (Classe 1), que mede apenas os consumos em cidade. O pack de baterias, ‘arrumado’ debaixo dos assentos, demora cerca de cinco hora a recuperar 100% da sua capacidade num carregador monofásico de 200V/16ª; 16 numa ligação de 100V/6A.

Na lista de equipamentos, o Toyota C+Pod já incorpora faróis LED à frente e atrás, enquanto o habitáculo, com 1,1 metros de largura medidos à altura dos ombros, dispõe já de ‘mimos’ como a instrumentação digital, conectividade para smartphone, ar condicionado, e sistema de travagem de emergência com deteção de peões e ciclistas na via. O microcarro elétrico da marca japonesa estará disponível no inicio de 2021, por preços que arrancam nos 1.650.000 yenes, cerca de 13.000 euros.

28 de dezembro de 2020

Fonte: motor24.pt
Mais artigos