4 dicas para comprar uma viatura usada

Que Cuidados deverá ter na compra de um carro usado

Na compra de um carro novo, a carga fiscal representa cerca de 30% do valor total da viatura. Ora é muito vantajoso financeiramente comprar um carro usado, porque terá logo à partida um valor 30% abaixo do preço em novo, e com o passar dos anos esta percentagem aumenta chegando ao fim de 4 anos a valores 50% abaixo do preço em novo, ou seja em alguns casos por exemplo em carros com um PVP em novo na casa dos 50 a 60 mil euros a poupança poderá rondar os 20 a 30 mil euros.

Apelativo não é?
Sem duvida que sim!

No entanto a compra de um carro usado, se não for numa empresa de confiança ou se não forem tomados todos os cuidados na sua avaliação, poderá vir a ser um pesadelo.
Neste sentido passo a enumerar alguns cuidados a ter nesse processo de compra para que a realize de forma segura:

1º Começamos por fazer uma avaliação exterior ao estado da pintura da viatura, tentando perceber se existem peças que tenham um tom diferente das outras, e se tiverem procurar com maior detalhe as zonas de soldadura entre peças para perceber se estão de origem e se sim, foi uma pintura cosmética, ou se envolveu um dano mais estrutural. Pode também perceber se a peça foi pintada, através de método simples que passa por verificar se nesta zona existe alguma costura de pintura original e a nova. Esse teste é visual e também através do tacto percebendo bem qual foi a peça pintada e até onde. 

2º O estado interior é igualmente importante, para ver o desgaste da viatura, quer em termos do volante, alavanca das mudanças e pedais, estes dão um noção aproximadamente do uso do carro vs os km do mesmo, um carro até aos 50.000km apresentará um bom estado geral destes componentes, bem como todos os botões de uso no dia a dia, se os km não correspondem ao desgaste destes então poderá haver adulteração dos km, e ai não será por certo uma boa compra. 

3º Testar todos os componentes eléctricos do carro, tais como fecho central das portas, vidros eléctricos, e também se a viatura tiver o ar condicionado, para validar se funciona e faz realmente frio quando ligado. Um motor de AC pode facilmente custar entre mão de obra e peça cerca de 300€ a 400€.

4º Realizar um test drive, é fundamental e em primeiro lugar porque será a sua próxima viatura, e por isso precisa de perceber se gosta da posição de condução, da leitura que a viatura lhe proporciona em relação ao exterior do carro, a resposta do motor e comportamento da caixa de velocidades, isto são tudo factores que irão conecta-lo definitivamente ao carro ou não. Também neste test drive, deverá ter atenção aos barulho do motor, da suspensão e até dos travões no sentido de perceber se não está na presença de umas pastilhas já gastas. Neste teste e à velocidade de 120km/h poderá também validar se os pneus e jantes se encontram em bom estado, para isso elas não deverão transmitir uma vibração acima do normal. Se ao travar a esta velocidade o volante vibrar pode ter os discos de travão ovalizados.

A compra de uma viatura usada é de facto muito vantajosa, e por isso recomendo que compre sempre que possível numa empresa da sua confiança ou com provas dadas no mercado.
A Auto Gouveia é sem duvida uma empresa onde poderá encontrar essa confiança.
Até breve.

 

18 de fevereiro de 2021

Fonte: AG
Mais artigos