Novo BMW Série 4 Gran Coupé: O formato de sucesso está de volta

Formato coupé de quatro portas e cinco lugares homologados. O novo Série 4 Gran Coupé recorre aos conceitos estilísticos da BMW, procurando apelar a quem procura um estilo de vida dinâmico, mas ao mesmo tempo capaz de enfrentar todos os desafios do quotidiano. A fórmula, não sendo nova, tem sido bastante bem-sucedida na marca bávara, com o modelo Gran Coupé a colher uma grande parte das preferências dos compradores.

 

Com 4783 mm de comprimento, 1852 mm de largura e 1442 mm de altura, o novo Série 4 Gran Coupé é 143 mm mais longo, 27 mm mais largo e 53 mm mais alto do que o modelo anterior, enquanto as vias também cresceram – mais 50 mm à frente e mais 29 mm atrás. Já a distância entre eixos é 46 mm maior, cifrando-se agora nos 2856 mm (sendo também 5 mm mais do que a berlina Série 3).

O conceito visual de Gran Coupé destaca-se igualmente por oferecer um interior mais desafogado, com uma capacidade de bagageira de 470 litros, crescendo 39 litros face ao modelo anterior. Com o rebatimento dos bancos posteriores (em proporção 40:20:40), a volumetria máxima pode chegar aos 1290 litros.

Mantendo a mesma abordagem estilística que já havia usado para o Série 4 Coupé, este novo modelo destaca-se na dianteira pela grelha de grandes dimensões e pelos faróis esguios com tecnologia Full LED e luzes de guia em fibra ótica na forma de ‘U’. Opcionalmente, pode receber tecnologia de iluminação LED Adaptativa com LaserLight e assistente de máximos.

As portas não têm molduras para enfatizar o visual coupé, enquanto a secção traseira sobressai pelos ombros musculados e silhueta desportiva com o tejadilho a descer para dar origem a um spoiler na tampa da bagageira. Na traseira, a influência dominante é a da horizontalidade, com diversos apontamentos distintivos. Os farolins recebem tecnologia Full-LED escurecida. Os modelos M Sport e BMW M merecem alguns tratamentos estéticos específicos, incluindo um pacote exterior M Carbon opcional e peças M Performance.

A bordo, a marca quis combinar a versatilidade e funcionalidade com a noção de um ambiente premium, com uma consola central em posição elevada e uma imagem muito semelhante à de outros modelos da BMW, nomeadamente à dos Série 4 Coupé. Num painel de controlo entre os dois bancos dianteiros encontram-se os botões do BMW Controller e para os modos de condução. Os bancos desportivos e o volante desportivo em pele são de série.

A imagem tecnológica é sublinhada pelo sistema operativo de sétima geração para o sistema de infoentretenimento, mas também pelo painel de instrumentos digital Live Cockpit Professional de 12.3 polegadas e pelo ecrã tátil de 10.25” ao centro do tablier.

Gama de motores de quatro e de seis cilindros

O novo coupé de quatro portas terá como modelo topo de gama o M440i xDrive Gran Coupé, com motor de seis cilindros em linha a gasolina de 374 CV de potência, mas outras opções serão mais acessíveis, como será o caso dos 420i Gran Coupé (motor 2.0 de quatro cilindros com 184 CV), 430i Gran Coupé (motor 2.0 de quatro cilindros com 245 CV) e 420d Gran Coupé em versões de tração traseira ou integral xDrive (motor 2.0 de quatro cilindros e 190 CV).

A versão M440i xDrive (de cor vermelha nas imagens) e as duas opções Diesel contam com tecnologia mild hybrid de eletrificação ligeira de 48V, permitindo-lhe baixar os consumos e dispor de auxílio de motor de arranque/gerador de 8kW/11 CV nas prestações. Uma bateria adicional acumula a energia resultante da travagem.

Todos os motores surgem associados a caixa automática Steptronic de oito velocidades de série, com a opcional Steptronic Sport disponível também para os clientes interessados em maior desportividade (esta caixa automática é de série no M440i xDrive Gran Coupé).

A marca explica que o novo modelo conta com uma ótima distribuição de peso (50/50) entre os dois eixos, utilizando materiais de elevada resistência, mas também de baixo peso. A aerodinâmica ativa faz parte da lista de argumentos do Série 4 Gran Coupé, com um sistema de controlo de flaps e cortinas de ar que atuam consoante as necessidades de refrigeração do motor. O coeficente de arrasto desta nova geração é de 0.26 Cx, sendo melhor em 0.02 pontos do que o seu predecessor. O acerto do chassis é específico para o novo Gran Coupé.

A chegada ao mercado está prevista para o mês de novembro de 2021, com a produção a decorrer nas mesmas linhas de montagem do elétrico i4 e dos Série 3 Sedan e Série 3 Touring, em Munique, na Alemanha.

 

 

11 de junho de 2021

Fonte: motor24.pt
Mais artigos